ENDEREÇO
Rua Marechal Deodoro, 678, Sala 3, Ed. Animi, Centro, 88501-003, Lages, SC
E-MAIL
feminilages@gmail.com
TELEFONE
(49) 3229.3201
(49) 98502.0204

ÚLTIMAS NOVIDADES CONFIRA NOSSO BLOG

21 de janeiro de 2019 CATEGORIA: DICAS

Todas as mulheres a partir dos 21 anos precisam consultar um ginecologista pelo menos uma vez ao ano para realizar o exame preventivo, que é indispensável para a saúde feminina. Contudo, muitas mulheres ainda fogem do procedimento devido ao medo, ansiedade ou vergonha.

Entretanto, ao entender a importância desse teste e todos os problemas que podem evitados com ele, fica muito mais fácil entender porque realizá-lo e vencer as barreiras para inseri-lo na sua rotina de cuidados médicos.

O que é o exame preventivo?

O exame preventivo, também chamado de papanicolau, deve ser feito em todas as mulheres que já iniciaram a vida sexual, ele é realizado como prevenção ao câncer do colo do útero (principalmente causado pelo papilomavírus humano, ou HPV). O recomendado é que ele seja realizado anualmente para verificar se está tudo bem com a saúde vaginal.

A maioria das lesões que avançam para o carcinoma de colo de útero são provocados pelo HPV, um vírus que pode ser evitado pelo uso de preservativos, como a camisinha.

Como o exame é feito?

O exame deve ser realizado em um consultório médico e não é necessário anestesia. Além disso, é recomendado fazer o teste uma semana antes de menstruar, porque o sangue prejudica a sua realização. Também é importante evitar duchas ou usar cremes vaginais, assim como ter relações sexuais 3 dias antes de passar pelo teste. Além disso, mulheres grávidas podem fazer o exame ginecológico sem medo de que isso afete o bebê.

No dia da consulta, a paciente deve ficar na posição ginecológica em uma maca, ou seja, com os joelhos afastados. Inicialmente o ginecologista inspeciona visualmente a vagina e ânus em busca de quaisquer alterações da normalidade (pigmentação, secreções, padrão de pilificação, etc.)

A próxima etapa do exame preventivo é a inserção de um espéculo (conhecido popularmente como "bico de pato") na vagina. Essa ferramenta possui diversos tamanhos para se adaptar com cada mulher, diminuindo o desconforto do procedimento. Com ele, o ginecologista pode observar a situação da cavidade e se essa apresenta alguma alteração visual, como feridas, inflamação e corrimentos.

Após essa etapa visual, o médico utiliza uma espécie de espátula e uma escovinha para recolher algumas células do colo de útero e da região de transição com o tecido mais interno do órgão. O preventivo é, portanto, um exame muito simples, rápido e indolor, mas lembre-se: você deve estar relaxada para passar por ele.

Qual a importância desse exame?

O exame preventivo é fundamental para prevenir e detectar doenças precocemente, principalmente em situações mais sérias como o câncer de colo de útero, antes que esse apresente sintomas na paciente.

Dessa forma, quanto mais mulheres fazem o exame, mais mortes causadas pelo câncer e outras doenças podem ser evitadas! Assim, realizar consultas preventivas, não só o ginecologista, é muito importante para manter uma vida saudável.

Tem alguma diferença do exame para uma menina que é virgem?

Sim! De acordo com o Dr. Marco Aurélio, o Ministério da Saúde recomenda que o preventivo, em meninas virgens, seja feito com um cotonete e materiais que preservem o hímen - a  membrana que fica na entrada da vagina. Para mulheres que já iniciaram a vida sexual, o Papanicolau é feito com uma "colher de raspagem" para coletar o material do colo do útero.

A partir de que idade devo fazer o exame preventivo e qual a frequência?

A idade ideal para começar a fazer o exame, de acordo com o ginecologista, é a partir dos 25 anos ou quando a menina iniciar a vida sexual. Já a frequência varia de acordo com cada caso. "De modo geral, o preventivo deve ser feito anualmente, mas pode ser antecipado em casos de alterações ou realizado com intervalo um pouco maior (até três anos) se os dois últimos exames forem normais", afirma o médico.

 

A mulher pode ter relações sexuais antes do exame?


A recomendação do Ministério da Saúde é de não ter relações sexuais um dia antes à realização do preventivo. No mesmo período, também não se deve usar duchas ou medicamentos vaginais. Além disso, o exame não pode ser feito durante a menstruação.

Aproveite e marque um horário na Clínica Femini para realizar o exame preventivo com um de nossos médicos especialistas, lembre-se de realizar exames regularmente para manter a saúde em dia.

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS:

Curta nossas Redes Sociais

CURTA NOSSA PÁGINA

© 2017 Clinica Femini. Todos os direitos reservados.